Divirta-se

Ler, uma grande aventura

Ler, uma grande aventura
Ler, uma grande aventura

Veja diversas indicações de livros, como por exemplo, A medicina da imortalidade, O visconde partido ao meio, Você sempre jovem, entre outros.

[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Alzheimer: Identificar – Cuidar – Estimular
Simone de Cássia Freitas Manzaro (coordenadora)
Portal Edições, 262 págs.

Voltado para idosos de uma maneira geral e, especificamente, para familiares e cuidadores que lidam com pessoas que desenvolveram Alzheimer.  Em linguagem clara e acessível, a autora sugere cuidados psicológicos, cognitivos e emocionais para quem atua no contexto do envelhecimento, práticas e atividades para se aplicar no dia a dia. Uma ferramenta valiosa  e indispensável a todos que desejam conhecer mais a Doença de Alzheimer e demências similares.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

O Sabor da Arte
ADJ Diabetes Brasil, Kazue Kodama e Xavier Bartaburu
Ipsis Gráfica e Editora

A obra traz panorama de cultura alimentar do Brasil, França, Itália, Índia e Japão e 50 receitas saudáveis de cinco dos mais importantes chefs em atuação no país. A obra contem textos do jornalista gastronômico Xavier Bartaburu e fotos de Romulo Fialdini, analisa as relações entre cultura e alimentação dos cinco países reconhecidos como de culinária saudável.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Nossa Senhora Aparecida
Ricardo Marques
Editora Record

Prestes a completar o jubileu de 300 anos de sua aparição, Nossa Senhora Aparecida representa a grande devoção do povo brasileiro. Padroeira do país e protetora das grávidas, dos recém-nascidos, dos rios e mares, do ouro e do mel, sua imagem foi resgatada do fundo do rio Paraíba do Sul por três pescadores. Reúne mais de duzentos relatos de fiéis.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Como Clarice Lispector Pode Mudar Sua Vida
Simone Paulino
Editora Buzz

“Quando passei a ler apenas com a emoção, Clarice entrou e se instalou de forma definitiva na minha vida. Até se tornar quase tão indispensável para mim quanto meu pão de cada dia. Aos poucos, ela se transformou num apoio indispensável para os meus momentos de dor. Uma espécie de oráculo para as minhas dúvidas existenciais.” Queria entender o universo criado pela autora.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

A Hora da Estrela
Clarice Lispector
Editora Rocco

Um dos maiores clássicos da literatura brasileira está comemorando 40 anos.

O seu estilo inconfundível é marcado pela inovação, trazendo novas características à moderna literatura brasileira. Está entre as mais importantes e populares escritoras em língua portuguesa, além das traduções em outros países, incluindo obras para crianças e jovens.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

This Chair Rocks – A Manifesto Against Ageism
Ashton Applewhite
Editora Networked Books Inc, 288 pág.

Percepções comuns – e enviesadas – sobre o envelhecimento, experiências pessoais,  pesquisas, opiniões, prejuízos causados por preconceitos são apresentados neste livro, em linguagem fascinante e instrutiva. Um guia que o leitor acompanha com humor e eventualmente descobrir novos caminhos para a própria existência e o medo de envelhecer.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Velhice uma nova paisagem
Maria Celia de Abreu

A psicóloga mostra novos caminhos para mudar a visão destorcida sobre o envelhecimento, propondo uma reflexão mais leve e menos carregada de visões e ideias pré-concebidas. O livro traz depoimentos de Aracy Balabanian, Eva Wilma, Drauzio Varela, Flávio Gikovate,  Paulo Markun, Maria Adelaide Amaral, Mirian Goldenberg, Mario Sergio Cortella e Silvio Abreu.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Geriatria em Comprimidos
Mariana Jacob
Editora José Olympio, 144 pág.

A experiência clínica de aproximadamente 50 anos de profissão da dra. Mariana Jacob motivou esse livro de conhecimentos básicos e recomendações oportunas em linguagem acessível, a mesma linguagem celebrizada em seus artigos na revista “Domingo” do Jornal do Brasil. “Sentir-me-ei gratificada se conseguir orientar os leitores, de forma clara e segura”. Este livro é o resultado  de sua dedicação.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

De Malas quase Prontas
Alba Milena, Grazi Reis, Guta Bauer, Mari Dal Chico e Lívia Martins
Editora Best Seller (Grupo Editorial Record ), 128 pág

“Viajar é sempre uma aventura, não importa o motivo da  viagem”. Esse livro procura ser um guia prático, de leitura atraente, para responder às inúmeras duvidas que podem surgir antes e durante uma viagem, principalmente aqueles detalhes que podem passar despercebidos e que os viajantes mais experientes já viveram e descobriram como resolver.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Santiago do Chile para brasileiros
Márcia Jancikic,
2ª edição da Autora, 218 páginas.

Textos e fotos traduzem uma visão muito própria, muito íntima, que desvenda a natureza, o lado cosmopolita e a face antiga, os lugares famosos e os esquecidos de um Chile fascinante.

Neste guia, os viajantes encontram seu recanto, sua trilha, seu roteiro pessoal, tudo aquilo que pode justificar uma viagem. Os melhores e mais bonitos lugares da capital chilena.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Carta a um menino que viverá 100 anos
Edoardo Boncinelli,
Editora Guarda-Chuva

Graças aos enormes progressos da biologia e da medicina, viver até os 100 anos será normal para as  crianças que estão nascendo agora. Mérito da luta contra a mortalidade infantil, mas também do constante progresso de nossos conhecimentos. Oferece informações necessárias para entender as implicações dos cenários em que iremos viver.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Novos Caminhos, Novas Escolhas
Abilio Diniz
Editora Objetiva

O autor passou por diversos tipos de experiências. Como empresário, construiu a maior rede varejista brasileira, o Grupo Pão de Açúcar, enfrentou crises pessoais e profissionais, foi sequestrado, e, no momento certo, deu a volta por cima. Neste livro, ele narra pela primeira vez suas lutas recentes e os novos caminhos. Aos 80 anos continua inovando.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Filosofia para corajosos
Luiz Felipe Pondé
Editora Planeta, 2016

O autor se apoia na história da filosofia para apresentar argumentos para quem quer discutir todo e qualquer tipo de assunto com embasamento. Afinal, os grandes filósofos estudaram sobre os temas do mundo contemporâneo: “Uma filosofia em primeira pessoa”, “Grandes tópicos da filosofia ao longo dos tempos” e “Por que acho o mundo contemporâneo ridículo” integram capítulos do livro.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Faíscas verbais
Márcio Bueno

Coletânea de frases bem-humoradas, demolidoras, impactantes, boa parte produzida no calor de um debate, uma entrevista, sem que os autores dispusessem de tempo algum para as suas criações, ou seja, são improvisos. Reúne pérolas produzidas por figuras marcantes como Chico Buarque, Jânio Quadros, Vinicius de Moraes, Dercy Gonçalves, Leonel Brizola, Ary Barroso.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Amadurecendo com Sabedoria
Anabela Gouvea de Mattos Sabino
Edição da autora

Em mais de 100 mensagens, procura fazer com que as pessoas saiam da zona de conforto e percebam o rumo que estão seguindo. São discutidas questões relacionadas à maturidade, bem-estar, saúde, relacionamentos, entre outros. Ela também fala sobre o quanto é importante não postergar decisões, aceitar que decepções são inevitáveis e que recomeços, muitas vezes, são necessários.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Introdução ao mundo do vinho
Ciro Lilla
Martins Fontes – 240 pág.

Há quase 50  anos, Ciro Lilla  estuda o mundo do vinho. Enófilo respeitado, neste livro faz uma fascinante viagem, permitindo uma agradável iniciação para o leitor se tornar um amante do vinho, o amador que – com o tempo – se torna um conhecedor. “Todo mundo tem todas as condições para entender de  vinhos e se tornar enófilo, que é o “amante do vinho”, o amador que, com o  tempo, se torna um conhecedor…”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

A Bela Velhice
Mirian Goldenberg,
Editora Record/2013

Mostra que é possível enfrentar o processo de envelhecimento com liberdade e felicidade¨. Após 25 anos de pesquisas, o livro, escrito na atraente linguagem da autora, propicia uma leitura saborosa e provocativa em cada capítulo. “O livro é dedicado a todos os interessados em construir um projeto de vida para uma “bela velhice”: os velhos de hoje e os velhos de amanhã”. Que a bela velhice seja bem-vinda, escreve o dr. Renato Veras.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Amortality – Os prazeres e os perigos de viver sem idade
Catherine Mayer,
Vermilion (Random House) /2011/ Londres

Em linguagem jornalística (inteligente, espirituosa e absorvente) o conteúdo surpreendente do livro traz considerações provocativas e oportunas sobre a maneira como estamos envelhecendo, como percebemos a nossa idade e como as pessoas estão vivendo algumas experiências dessa nova realidade. Traz ainda o teste: E você, é amortal. Versão em italiano da Iacobelli Editore: Amortalità

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Sessenta anos de sabor e amor
Receitas do Clube das Vovós Lotte  Pinkuss
Edição da Congregação Israelita Paulista – 66 págs.

Publicado nos 60 anos do Clube, reúne receitas que tem o sabor das comidas da vovó, ingredientes acessíveis e simples.  As autoras – que sabem valorizar cada refeição e tudo o que vai à mesa – decidiram que não deveriam guardar só para elas uma tão longa e enriquecedora experiência. Elas são responsáveis pela preservação de muitos pratos. www.cip.org.br

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Idoso, dos cuidados de enfermagem à alta hospitalar
Maria José Sanches Marin e Emília Luigia Saporiti Angerami
Editora Epub – 200 pág.

Os cuidados necessários com a internação dos idosos e a alta hospitalar levou as professoras de enfermagem da USP em Ribeirão Preto e da Faculdade de Medicina de Marília a escrever esse livro para a melhoria da qualidade de assistência ao idoso. “Um roteiro de orientação para a coleta de dados também faz parte do manual e visa instrumentalizar o profissional nas alterações específicas do processo de envelhecimento”.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Encontre seu santuário
Abade Christopher Jamison – Trad. Caio Nehring
Larousse – 160 pág.

No esboço da consagrada série da BBC, The Monastery, o autor, abade e diplomado por Oxford, apresenta revelações que até hoje guiam as pessoas, lições para o dia-a-dia, e a sabedoria dos ensinamentos de São Bento.  Um livro prático e inspirador  sobre a vida cristã, com sugestões de como colocar em prática essas percepções. Lições de monges para a vida cotidiana.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Jovem para sempre – Pare de envelhecer agora mesmo
Editado por Edward Claflin – Trad. Ione Ferreira, Idilia Vanzelotti e Julia Goulart Sereno
PWP (Reader’s Digest) – 544 pág.

O livro traz referências para proteger a saúde extraídas de diversos autores e publicadas em outros livros. Os temas são tratados de maneira bastante didática aos quais pode se recorrer a qualquer tempo em busca de sugestões para preservar a saúde e a aparência. “Reunidas em um único volume, algumas  lições, pesquisas e descobertas para ajudar na cura ou na prevenção de doenças que fazem envelhecer antes do tempo…”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Curar
David Servan-Schreiber – Trad. Luis Manuel Louceiro
Sá Editora – 4a edição – 302 pág.

Neste novo livro, já publicado em 32 línguas, o médico neuro psiquiatra convida o leitor a repensar a relação corpo e mente, apresentando lições para a saúde integral, incluindo a adoção de métodos antigos sob novos prismas. Para tanto, ele apresenta sete métodos capazes de curar:  integração neuro emocional pelos movimentos oculares, regularização do ritmo cardíaco, exercícios físicos, comunicação afetiva, …

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

A revolução dos idosos
Frank Schirrmacher – Trad. Maria do Carmo Wollny e Sérvulo M. Resende
Elsevier – 190 pág.

“Estimulante, perspicaz e provocante, e ao mesmo tempo equilibrado, cheio de facetas e preciso”, na definição de James Vaupel do Instituto Max Plank para Pesquisa Demográfica, este livro faz uma reflexão sobre as gerações atuais e futuras. “A  sociedade  atual terá uma chance de se rejuvenescer por meio da revolução da imagem de seu próprio idoso, e não, como muitos  creem, pela nova imagem da sua juventude.”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Saber Envelhecer ( seguido de A Amizade)
Marco Tulio Cícero – Trad. Paulo Neves
L&PM Pocket – 152 pág.

Cícero, que nasceu no ano 106 a.C., autor das célebres Catilinárias, afirmou ao completar 62 anos que “somente os idiotas se lamentam de envelhecer”. Neste livro, ele fala sobre  a arte de envelhecer, desfrutando o prazer que todas as idades proporcionam. “… a arte de envelhecer é encontrar o prazer que todas as idades proporcionam, pois todas têm as suas virtudes. Em A Amizade  temos o tratado sobre a fraternidade e as relações sociais.”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Nossos pais envelheceram e precisam de nós
Alexis Abramson com Mary Anne Dunkin – Trad. Vinícius Medeiros Caldevilla
Landscape – 184 pág.

A autora, reconhecida pela luta aos direitos e autonomia de pessoas idosas, procura mostrar neste livro como cuidar de um familiar idoso, as recompensas, a dedicação e o trabalho necessário. Por essa atividade recebeu vários prêmios. “Como cuidar de seu familiar idoso, das crianças, da casa, do estudo, do estudo, do trabalho, sem ficar completamente louca? . Respire fundo “ … este livro procura que pretende responder  alguma perguntas.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Memórias de uma Guardadora de Livros (Coleção Memória do Livro)
Entrevistas de Cleber Teixeira e Dorothée de Bruchard com Cristina Antunes
Escritório do Livro e Imprensa Oficial (SP)  Apoio Senai (SC)
- 150 pág.

Cristina Antunes “nos introduz entre lombadas, letras, imagens e impressos de todo o teor para desvendar o universo plural de um acervo mítico: a Biblioteca de Guita e José Mindlin, a mais rica brasiliana das Américas. Uma biblioteca que entrelaça o nacional e o universal, onde o Brasil pode ser lido  e apreendido em sua diversidade e riqueza (Ana Luiza Martins).” A biblioteca pode ser consultada no site www.brasiliana.usp.br/bbd/

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Memórias Esparsas de uma Biblioteca (Coleção Memória do Livro)
Entrevistas de Cleber Teixeira e Dorothée de Bruchard com José Mindlin
Escritório do Livro e Imprensa Oficial (SP)  Apoio Senai (SC)
- 125 pág.

José Mindlin leva o leitor a uma gostosa narrativa sobre o universo do livro e sobre a história da formação de sua biblioteca. Mais do que amar e colecionar obras raras, José Mindlin contribuiu para a preservação de um valioso patrimônio  disponível para todo leitor que, assim como ele, não abre mão de vivenciar assiduamente o paraíso da literatura. A Biblioteca Mindlin  pode ser consultada no site www.brasiliana.usp.br/bbd/

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Guia prático do cuidador
Ministério da Saúde
Elaboração: Ana Cristina Fonseca e Edenice Reis da Silveira – 66 pág.

Com a colaboração de profissionais e entidades, este guia, prático, didático e ilustrativo, se destina a orientar cuidadores na atenção à saúde e bem-estar das pessoas. Pode ser acessado e impresso na íntegra no site da Biblioteca Virtual em Saúde do MS (www.saude.gov.br/bvs). Um trabalho oportuno, e educativo com reprodução parcial ou total permitida desde que citada a fonte e que não seja  para  venda ou qualquer fim comercial.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Idade biológica
Eliana Guimarães Pyhn e Maria Lúcia dos Santos
Editora Senac – 384 pág.

O livro apresenta o conceito de idade biológica que pode não corresponder à idade cronológica. Familiariza o leitor com aspectos do funcionamento do organismo e sua regeneração em face do envelhecimento, estilo de vida e o risco de doenças. “ Em poucos anos a nossa sociedade viverá um choque  comparável a uma guerra mundial: o próprio envelhecimento. Só uma revolução da nossa autoconfiança poderá nos rejuvenescer….”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Você sempre jovem
Michael F. Roizen e Mehmet C. Oz
Editora Rocco – 358 pág.

Os autores, médicos e professores norte-americanos, indicam um roteiro informativo que procura estender a garantia de vida com qualidade, apresentando o “Grande Fator do Envelhecimento” como o inimigo a ser combatido. O corpo humano é a máquina mais fascinante que já existiu: a saúde e a  longevidade serão a realidade do nosso cotidiano. Assistir ao seu envelhecimento, apesar de inevitável, não precisa ser doloroso.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Larousse da terceira idade
Dra. Lara M. Q. Araújo (consultoria) e Prof. Dr. João Toniolo Neto (prefácio)
Editora Larousse – 320 pág.

Com a colaboração dos médicos geriatras da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a edição brasileira, em capítulos temáticos e com índice remissivo, foi concebida para responder às dúvidas do leitor sobre o estado de saúde físico e psicológico. “A velhice pode ser a idade da reflexão, da sabedoria proporcionada pela experiência de se ter percorrido um longo caminho, da capacidade de compreensão do que já se viveu…”

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

O visconde partido ao meio
Ítalo Calvino – Trad. Nilson Moulin
Cia das Letras – 100 pág.

Numa história divertida e irônica, que serve para abordar temas da vida cotidiana, o autor coloca em discussão uma integridade que supere as mutilações impostas pela nossa sociedade. Uma leitura agradável sobre as possibilidades da existência humana. “Se  meio visconde já incomodava tanta gente, o que dizer das duas metades contraditórias de Medardo di Terralba”, causando grandes desgostos aos moradores.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Slow food revolution
Carlo Petrini e Gigi Padovani
Editora Rizzolli (edição em italiano) – 296 pág.

A revista Time afirmou “Carlo Petrini e o Slow Food mudaram para sempre a nossa relação com o alimento”. Trata-se de um movimento, iniciado na Itália e que já chegou ao Brasil, por uma nova cultura do alimento e do prazer de viver. Slow Food é o sinônimo de uma  filosofia de alimentação  mais harmoniosa com os valores da  terra, ao reivindicar o direito ao prazer do sabor natural dos alimentos em oposição ao  fast-food.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

A medicina da imortalidade
Ray Kurzweil e Terry Grossman, M.D.
Editora Aleph – 494 pág.

Apresenta dietas, programas e inovações tecnológicas que prometem revolucionar nossos processos de envelhecimento. As ideias sobre o futuro de Ray Kurzweil são famosas e Terry Grossman é médico, especialista em antienvelhecimento. O que se pode fazer hoje para tirar vantagem dos avanços extraordinários anunciados pela ciência médica para a longevidade e a saúde humanas. Um programa de longevidade válido para todas as idade

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Anticâncer
David Servan-Schreiber
Editora Fontanar – 284 pág.

O autor – médico neuropsiquiatra, professor da Universidade de Pittsburgh (EUA) e da Universidade de Lyon (França) – compartilha sua experiência pessoal e  conhecimento neste livro já publicado em 26 países . É o relato de um médico que lutou contra a doença e inventou uma nova maneira de viver. “Prevenir e  vencer usando nossas defesas naturais”,  com essa convicção , o dr. Servan-Schreiber aposta em nossa poderosa biologia anticâncer.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Longevidade
Como se preparar para uma vida longa e bem-sucedida
Clovis Dattoli
224 páginas, Editora Figurarti

O livro reúne vasto material obtido em anos de estudos e experimentos pessoais e profissionais. “O autor utiliza várias ferramentas para mostrar ao leitor com mais de 50 anos de idade, que há muita estrada de boa qualidade a percorrer, que recomeçam em novas e interessantíssimas plataformas”, destaca a poetisa e ambientalista Sandra Fayad.

De acordo com escritor e coach editorial, Gilberto Cabeggi, as orientações e toda a inspiração apresentadas em cada página do livro deixarão o leitor municiado para, a qualquer momento, elaborar zelosamente o seu projeto de vida e se dar bem na jornada que o espera de agora em diante. “Assim, absorva todo o conteúdo e o espírito motivador trazidos no conjunto desta obra e entre de corpo e alma na sintonia do viver mais e melhor”.

Sobre o autor

Clovis Dattoli é consultor, palestrante e coach, atuando no desenvolvimento de pessoas e organizações, com ênfase nos segmentos de liderança e negócios corporativos, gestão e cultura organizacional, planejamento de vida e carreira e preparação para o pós- emprego.

É graduado em Ciências Contábeis, com especializações em Administração de Empresas, Cultura Organizacional e Desenvolvimento de Competências Gerenciais.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

O silêncio das águas
Brittainy C. Cherry – Tradução: Natalie Gerhardt
364 páginas, Editora Record

Quando era criança, enquanto brincava em um bosque perto de sua casa, Maggie May vê um homem matar sua esposa. O trauma é tão grande que ela perde a capacidade de falar. Por anos, a garota se comunica com a família apenas por gestos e bilhetes. Os ataques de pânico a impedem de sair de casa, então, ela encontra refúgio nos livros.

Sua família não consegue lidar com o problema e a única pessoa capaz de compreendê-la é Brooks, melhor amigo do seu irmão e por quem manteve um amor platônico desde a infância. Para Maggie, ele é o seu porto seguro, aquele capaz de entender o seu silêncio sem julgá-la. Mas um acidente faz com que o rapaz se afaste e tenha que abandonar a carreira em ascensão em uma banda de rock. Agora é a vez de Maggie retribuir o cuidado que Brooks teve com ela durante todos esses anos.

Sobre o autor

Brittainy C. Cherry é formada em artes cênicas, com especialização em escrita criativa pela Carroll University, em Wisconsin. Seus livros já venderam mais de 50 mil exemplares no Brasil.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

A reinvenção da velhice
Socialização e Processo de Reprivatização do Envelhecimento

Guita Grin Debert
268 páginas, EDUSP – Editora da Universidade de São Paulo

Na apresentação deste livro fundamental, a dra. Ania Liberalesso Neri, professora da Faculdade de Educação e coordenadora do Curso de Pós-gradução em Gerontologia (Unicamp) escreve: “ Com dados e argumentos tecidos em uma década de pesquisa, Guita Grin Debert oferece uma análise ousada do processo que vem presidindo a construção social da velhice no Brasil

A antropóloga Guita Grin Debert após uma década de pesquisa, analisa a velhice no Brasil e a forma como ela é encarada.

Fugindo dos chavões de que “a velhice é um problema social a ser resolvido” e de que “só ganhou visibilidade após o aumento da população idosa”, a autora, num ensaio não linear, aborda a relação entre os velhos e a família, o lazer, a medicina, o Estado, a mídia, a sociedade de consumo, a mídia e as instituições sociais públicas e privadas.

A Reinvenção da Velhice vem para suprir a falta de publicações sobre o tema no Brasil.

Sobre o autor

*Guita Grin Debert é professora livre-docente do Departamento de Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp e pesquisadora do CNPq. Obteve o doutoramento na USP e desenvolveu pesquisa de pós-doutoramento no Departamento de Antropologia da University of Califórnia, Berkeley.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Leonardo da Vinci
O MAIOR GENIO CRIATIVO DA HISTÓRIA

Walter Isaacson, tradução de André Czarnobai,
Editora Intrínsica, 634 páginas.

A melhor forma de enxergamos a vida de Da Vinci é ver como ele enxergou o mundo: imbuído de um senso de curiosidade e com uma enorme admiração pelas suas infinitas maravilhas “um desejo constante de se surpreender com o mundo cotidiano tem o poder de deixar cada momento de nossa vida muito mais rico”. Bastante inspirador para os dias atuais,  lembrando que o século XV foi uma época de disseminação de informações por meio de novas tecnologias. Ou seja, uma época como a nossa.

Filho ilegítimo, à margem da educação formal, gay, vegetariano, canhoto, distraído e, por vezes, herético, o Leonardo Da Vinci  desenhado nesta biografia é uma pessoa real, extraordinária pela pluralidade de interesses e pelo prazer que tinha em combiná-los. Um livro indispensável não só pelo caráter único de representar integralmente o artista Leonardo, mas como um retrato da capacidade humana de inovar, da importância de não apenas assimilar conhecimento, mas ter a disposição para questioná-lo, ser imaginativo e, como vários desajustados e rebeldes de todas as eras, pensar diferente.

Sobre o autor

Walter Isaacson, jornalista e biógrafo proeminente – é autor de abrangentes retratos de algumas das mentes mais influentes e inspiradoras da nossa história. Entre elas: Steve Jobs, Albert Einstein, Benjamin Franklin. É presidente do Instituto Aspen, entidade sem fins lucrativos para estudos de problemas contemporâneos.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Infarto
Antes, Durante e Depois: Quebrando Mitos

André Luis Valera Gasparoto,
Editora Manole, 124 pag.

Livro direcionado à população geral, especialmente aos acometidos por infarto e seus familiares. Este livro foi escrito com base nas minhas lembranças e experiências, colhidas e guardadas em minha mente após trabalhar, por mais de dez anos, em Emergência (pronto-socorro e resgates com ambulância), em UTI cardiológica e em consultório. Além de informações, recomendações, esclarecimentos e curiosidades, divido com vocês, leitores, a dor que também sentimos, como médicos, ao tentar amenizar a dor do próximo (paciente e familiares). O objetivo principal desta obra é desmistificar o infarto – sem nenhuma pretensão de dizer que se trata de um problema benigno. Com uma linguagem clara, evitando termos técnicos e utilizando analogias para facilitar o entendimento, tento explicar, de forma leve e descontraída, desde os momentos antes do diagnóstico confirmatório até o retorno do paciente às suas atividades habituais. Tudo isso embasado nas últimas atualizações nacionais e mundiais sobre o tema, com a análise técnica do dr. Carlos Alberto Gonnelli, cardiologista há mais de trinta anos, extremamente experiente e conceituado.

André Gasparoto, cardiologista e coordenador da Unidade de Terapia Intensiva Cardiológica do Hospital BP, unidade hospitalar da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Última palavra
Tércia Soares Sharpe
Literare Books International , 104 pag.

Apesar do tema pouco debatido, a autora explica a importância de falar sobre o assunto: “A morte é a única certeza que temos nessa vida. Essa realidade não é deprimente; é apenas uma realidade. A gente se informa, toma decisões como a obra sugere, e segue vivendo plenamente. Não precisa pensar nisso o tempo todo. Precisa apenas se preparar; o que facilitará o luto de nossos familiares e conhecidos. Eles vão apenas honrar o que escolhemos. O livro ajuda o leitor a abrir os olhos e valorizar o tempo, a vida, ser grato. Afinal, a satisfação é de cada um de nós, de viver essa jornada da melhor maneira, com amplitude!”.

A decisão por cuidados paliativos não significa que o paciente esteja com o destino definido. É uma opção para pessoas que recebem o diagnóstico de uma doença crônica grave e um tratamento focado na qualidade de vida do paciente e seus familiares por meio da prevenção e alívio do sofrimento.

Para escrever o livro, a autora recorreu a situações que vivenciou: “Fui pensando em meus pacientes e o que era importante pra eles naquele momento…

Tércia Soares Sharpe, com 40 anos de experiência, tem bacharelado em Enfermagem, mestrado em Missiologia, Especializada em Cuidados Intensivos, Associada à Fundação de Pesquisas ELNEC (End-of-Life Nursing Education Consortium), vinculada à AACN (American Association of Colleges of Nursing).

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Cozinhe com os monges
Dom João Baptista Barbosa Neto, OSB,
Sandra Marina Witkowski
Editora Planeta , 272 pag.

As tradicionais receitas de entradas, pratos e sobremesas do Mosteiro de São Bento. O livroreúne mais de 100 receitas apresentadas de maneira simples para que possam ser reproduzidas por qualquer pessoa, sem deixar o requinte de lado.

As refeições são um ritual para os monges há séculos e o livro tem como objetivo promover a comunhão à mesa. Para isso, o livro traz desde tradicionais guloseimas como o pão de mel do mosteiro, as bolachas monásticas, o cozido monástico, o bolo de fubá que foi servido ao Bento XVI até receitas elaboradas para o jantar, como um terrine de berinjela e tomate seco, mignon ao funghi, cheesecake de chocolate, creme brûlée e muito mais.

Além das receitas, o livro apresenta um breve histórico dos mosteiros no Brasil e do surgimento do Mosteiro de São Paulo. Ao final, o leitor encontra um cardápio com sugestões para a semana com suas orações específicas.

Dom João Baptista Barbosa Neto, OSB, É monge beneditino do Mosteiro de São Bento de São Paulo, onde além de exercer as funções de bibliotecário e arquivista monástico.

Sandra Marina Witkowski, Oblata Secular do Mosteiro de São Bento de São Paulo tem como onomástico Faustina Kowalska em homenagem à santa polonesa da Divina Misericórdia.

[/mks_two_thirds]

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Casados e ainda apaixonados
Como manter a felicidade no casamento na segunda metade da vida?
Gary Chapman e Harold Myra
Editora Mundo Cristão, 160 pag.

Como manter-se apaixonado após trinta, quarenta, cinquenta anos de casamento? Será a segunda metade da vida a “melhor metade” para o casal? Na obra os autores  mostram como manter a felicidade a dois quando, por exemplo, os filhos já não estão em casa, a renda familiar é limitada e as questões de saúde se tornam mais frequentes.

O livro oferece conselhos sábios e uma visão prática sobre o sucesso do casamento de homens e mulheres unidos há décadas. Por meio de experiências reais e entrevistas diversas, eles abordam histórias de cônjuges que superaram dores, perdas, mudanças drásticas e situações complicadas e, mesmo em meio às dificuldades inerentes à passagem dos anos, aprofundaram sua aliança, vivenciando um casamento feliz.

“Como será desfrutar o casamento depois de cinco, seis décadas de vida ou mais? Sim, o período da melhor idade pode trazer mais alegria à medida que conhecemos melhor um ao outro, e talvez até mesmo estejamos em paz com a vida que levamos. O casamento, no período do “ninho vazio” (quando os filhos já não moram com os pais), pode ser um tempo de companheirismo e contentamento”.

Gary Chapman, autor do best-seller As cinco linguagens do amor, traduzido para 32 idiomas, é pastor sênior associado na Calvary Baptist Church.

Harold Myra já escreveu mais de 20 livros de ficção e não ficção. Durante seus 32 anos atuou como CEO de uma editora de revistas.

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

1932: São Paulo em Chamas – A história nunca contada
Luiz Octavio de Lima
Editora Planeta, 352 pag.

O livro mostra a verdadeira face da Revolução Constitucionalista que ocorreu em São Paulo e se tornou a Guerra Civil mais lesiva do Brasil.O jornalista se dedicou por dois anos em uma profunda pesquisa dos locais onde ocorreram os marcos mais importantes da Revolução Constitucional de 1932, além de trazer à tona histórias de vida de diversos personagens da época, famosos ou não. Seu estudo, diferente de todas as outras obras com a temática, traz informações pouco abordadas e ou divulgadas sobre esse período.Um presidente questionado. O país dividido. Fakenews de ambos os lados. Um astro do futebol nacional consagrado na França. Manifestações nas ruas… 2018? Não! O Brasil de 1932O levante permeou as mais diversas regiões de São Paulo, sul de Minas, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e norte paranaense. A intenção do autor é registrar o acontecimento do coração da metrópole de São Paulo, na época em acelerada expansão, que explodiu a última e, talvez, a maior guerra civil brasileira.Os paulistas se revoltam contra Getúlio Vargas e o seu governo, pois viviam sob a ditadura do então presidente, e iniciam uma Guerra Civil. Os revolucionários pegaram em armas pela redemocratização e reconstitucionalização. No dia 23 de maio de 1932 aconteceu o estopim: morrem Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo – mencionados popularmente como estudantes de Direito, o que não eram, e na obra o autor desmente isso. A Revolução Constitucionalista começou de fato em 9 de julho do mesmo ano, mobilizou 35 mil homens, entre militares e civis. Todos participaram de alguma forma, tanto na linha de frente ou como mensageiros, doadores de joias, ouro e objetos de valor.Logo surgiu um movimento de resistência batizado de Resistência M. M. D. C., em homenagem aos primeiros mortos em batalha. Foram 3 meses de luta que reuniu  entre os  combatentes  fazendeiros, industriais e classe média. O livro-reportagem aborda detalhes da história de vida de personagens reais, famosos ou não, que participaram da Revolução Constitucional. São histórias como a de Friedenreich, que troca a bola pelo fuzil, e a de Santos Dumont, que movimentou algumas partes de Minas Gerais e o suicídio que rendeu resistências em seu nome. Também foi uma odisseia do cidadão anônimo protagonizando um confronto tão importante para a História do Brasil. Os paulistas perdem em 2 de outubro do mesmo ano, mas  surge uma vitória após 2 anos, pois uma nova Constituição Brasileira é instituída, seguindo-se a criação da Universidade de São Paulo (USP) idealizada por Júlio de Mesquita Filho e  Armando de Salles Oliveira, entre outros. Nas palavras de Sergio Milliet:”De São Paulo não sairão mais guerras civis anárquicas, e sim ‘uma revolução intelectual e científica’ suscetível de mudar as concepções econômicas e sociais dos brasileiros.”

Luiz Octavio de Lima  atuou nas redações dos principais  veículos de comunicação, foi finalista do Prêmio Jabuti 2015 com o livro Pimenta Neves: uma reportagem e é autor de A guerra do Paraguai.

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

O Coração da Pauliceia Ainda Bate

José de Souza Martins

Editora Unesp, 432 pag.

Neste livro, José de Souza Martins reúne crônicas inéditas e crônicas baseadas em artigos sobre a cidade de São Paulo e a região metropolitana publicados no caderno “Metrópole” do jornal O Estado de S. Paulo, durante nove anos, de 2004 a 2013. O autor volta um olhar terno, por vezes bem-humorado, outras vezes nostálgico, sobre cantos e recantos paulistanos. Mesclam-se nos saborosos textos o olhar historiográfico, o olhar do sociólogo, mas sobretudo o olhar literário do cronista. Trata-se de um passeio agradabilíssimo pela cidade, que descortina ao leitor insuspeitadas histórias que se escondem nas ruas, nos casarões, nos monumentos de São Paulo.

José de Souza Martins, Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1970), José de Souza Martins é professor titular aposentado da USP e foi eleito em 2015 para a cadeira nº 22 da Academia Paulista de Letras. Na docência e na pesquisa científica, é autor nas áreas de Sociologia da Vida Cotidiana, Sociologia Visual e Sociologia dos Movimentos Sociais. Tem feito pesquisas e escrito sobre a questão agrária, sobre a Amazônia, sobre fotografia, sobre o subúrbio e sobre comportamento coletivo. Escreveu nos jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S.Paulo. Atualmente é colunista do suplemento Eu&Fim de Semana, do jornal Valor Econômico.

 

[/mks_col]


[mks_col]

[mks_one_third]

[/mks_one_third]

[mks_two_thirds]

Fantasma Sai de Cena

Philip Roth

Compania das Letras, 288 pag.

Nathan Zuckerman – protagonista de diversos romances de Philip Roth – está de volta, possivelmente pela última vez. Velho, há anos vivendo no interior da Nova Inglaterra, Zuckerman vai a Nova York para uma consulta médica, decidido a tentar uma intervenção cirúrgica que poderá resolver tanto sua incontinência urinária como sua impotência. Em Manhattan, o escritor reencontra Amy Bellette, mulher que o atraíra quase cinqüenta anos antes, agora idosa e doente; trava contato com Billy e Jamie, jovem casal interessado em trocar de residência com ele por um ano; e conhece um investigador literário que pretende escrever a biografia de E. I. Lonoff, contista que Zuckerman idolatrava quando jovem e que, em seus últimos anos, viveu com Amy Bellette. Determinado a impedir que o biógrafo de Lonoff leve a cabo seu projeto, o qual implicará a divulgação de um segredo mantido oculto por Lonoff e Amy por todos esses anos, Zuckerman decide permanecer em Nova York; ao mesmo tempo, porém, constata que, por absurdo que pareça, está completamente apaixonado por Jamie, quarenta anos mais moça do que ele, e que precisa desfazer o plano de troca de casas para que ela permaneça na cidade. Dividido entre suas maiores paixões, as mulheres e a literatura, em poucos dias Zuckerman dá por si imerso num mundo de desejos e intrigas que imaginava ter abandonado para sempre.

Em Fantasma sai de cena, Roth volta aos temas da velhice e da proximidade da morte, tratados em O animal agonizante e Homem comum. Aqui, a ênfase recai no conflito entre a decadência física e mental causada pela idade e a intensidade do desejo, cuja força avassaladora e irracional permanece intacta; tal como – reforçando o paralelo entre criador e criatura – o vigor narrativo e a inteligência analítica de Roth, que continuam mais afiados do que nunca.

Philip Roth – 19/03/1933 – 22/05/2018

Foi o único escritor americano a ter sua obra publicada em edição completa pela Library of America em vida. Assíduo em premiações literárias, já ganhou o Pulitzer e o Man Booker Prize, além da Gold Medal in Fiction, a mais alta distinção da American Academy of Arts and Letters.

“Roth compôs uma melancólica, e às vezes até engraçada, reflexão sobre o envelhecimento, a mortalidade, a solidão e as perdas que vêm com a passagem do tempo.”

Michiko Kakutani, The New York Times

“A vida é apenas um curto período de tempo em que você está vivo.”
Philip Roth
(em Pastoral Americana)

[/mks_col]

Sobre o autor

Guia da 3a Idade

Tudo para 3a Idade em um único lugar. Saúde, Finanças, Geração 50+, Entretenimento e Diversão, Moradia, Agenda, Produtos, Guia de Viagem e muito mais.