Nutrição

Adoçante Stévia: um aliado para a dieta

© Depositphotos/Francesco Ridolfi
© Depositphotos/Francesco Ridolfi

Um dos adoçantes naturais mais utilizados para quem está fazendo uma reeducação alimentar. Conhecido como açúcar verde e folha de mel, a stévia é caracterizada como adoçante/edulcorante não calórico. Uma planta nativa da América do Sul que possui dois compostos principais (esteviosídeo e o rebaudiosídeo) que conferem um sabor doce.

De acordo com a nutricionista comportamental, Patrícia Cruz, a stévia é um modo saudável de adoçar bebidas e alimentos quando é necessário fazer restrição do uso de açúcar, como no caso de portadores de diabetes mellitus e pessoas com necessidade de controle de peso. Sendo assim, é um adoçante natural, pouco metabolizado pelo organismo.

Ao esclarecer algumas dúvidas acerca deste tipo de adoçante e com o fim de esclarecer como deve ser utilizado, a nutricionista aponta quais são as ações e benefícios dessa planta.

A stévia faz parte da categoria de edulcorantes artificiais. “A principal diferença está no sabor residual, característico de cada edulcorante artificial”, descreve a nutricionista. Além disso, a stévia pode ser utilizada em qualquer alimento e bebida, inclusive, em temperaturas elevadas, segundo a FAO/OMS.

Qualquer pessoa pode utilizar esse açúcar?

“Qualquer um pode fazer o uso da stévia, a não ser que a pessoa seja intolerante ou alérgica aos componentes esteviosídeo e o rebaudiosídeo, que são a principal fonte doce da planta”.

Aliado da dieta

Se o objetivo é alcançar um peso saudável a stévia é uma aliada. O edulcorante não calórico pode substituir o açúcar de forma eficiente, sem acrescentar calorias à dieta. “A stévia também é um aliado para portadores de diabetes mellitus, pois, auxilia no controle glicêmico.

Recomendação de uso

A recomendação é calculada de acordo com a JECFA (Joint FAO/WHO Expert Committee on Food Additives) e a ANVISA que também usa a mesma instrução no Brasil. A ingestão diária recomendável (IDA) é de 4 mg/kg de peso corporal por dia. Exemplo nutricional: uma pessoa de 70 kg pode consumir até 108 gotas de saches/dia.


Patrícia Cruz, Mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), faz parte do Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (ABESO). É especialista em nutrição e transtornos alimentares, adulto e infantil, atua como Personal Diet e é palestrante em cursos de pós-graduação.

Sobre o autor

Guia da 3a Idade

Tudo para 3a Idade em um único lugar. Saúde, Finanças, Geração 50+, Entretenimento e Diversão, Moradia, Agenda, Produtos, Guia de Viagem e muito mais.